Latino adia casamento por crise financeira: “Não quero fazer permuta”

Latino entrou para a lista das milhares de pessoas ao redor do mundo que cancelaram o casamento por conta da pandemia do novo coronavírus. Em conversa com Quem, o cantor disse que, além de não poder causar aglomeração com festa, ele está precisando economizar por causa do prejuízo gerado pela proibição de shows e eventos. Ele está noivo da advogada Raffaella Ribeiro.

“A gente tinha planos de casar realmente agora, mas veio a pandemia. São 11 meses desempregado e como vou pensar em casamento? Não quero essa coisa de ficar fazendo permuta. Sem shows, 10 filhos e uma família inteira nas costas, como vou pensar em ter mais um gasto? Não tem a menor chance”, lamenta.

O artista assume que teve que se desfazer de alguns bens e tem se sustentado com a ajuda da companheira. “Graças a Deus, sempre fiz uma reserva minha, também tive que me desfazer de algumas coisas não tão necessárias e bens. E é isso, vamos tocar o barco. Temos que contar com a sorte. Minha mulher é uma advogada bem-sucedida também e me ajuda muito”, agradece.

Latino viveu altos e baixos na carreira, e depois de conquistar as paradas, saiu de cena por alguns anos. “Fiquei afastado e plantando a sementinha da Kelly Key, até ela estourar no mercardo. Depois fiz a Luka. Aí, em seguida tive uma separação conturbada, muitas decepções com as mães dos meus filhos e fiquei em depressão. Para piorar, perdi mais de R$ 10 milhões apostando em corrida de cavalo. Era viciado. Tudo que ganhei nos primeiros 10 anos de carreira, perdi”, justifica.

Persistente e com o apoio de amigos, Latino voltou a ficar em evidência com Festa no Apê, depois lançou Renata, falando de ingratidão na letra. “Reiniciei a carreira do zero, praticamente. Depois trouxe o Kuduro para o Brasil, com o Daddy Kall, e foi um fenômeno, entrando até na trilha sonora da novela Avenida Brasil. O artista precisa ficar ligado nas coisas que estão acontecendo no mundo. Essa busca tem que ser constante. Hoje, o mercado está muito misturado. A gente vê rap com funk, trap com forró. A galera está fazendo exatamente o que eu fazia lá atrás. O artista não pode ficar na mesmice”, aconselha.

Mesmo na pandemia do novo coronavírus, o cantor trabalha suas novas apostas musicais ao lado de Dennis DJ. “Agora, lancei Deu Vontade e vou lançar Exquece, que tem grande chance de ser mais um sucesso. Vamos lançar mais cinco singles juntos. Ele me produzindo. Eu e Dennis temos uma história engraçada. Ele foi meu DJ e a mulher dele (Bárbara Falcão) foi minha Latinete. Há 20 anos, lançamos aquela música de funk Mexe com Lala, e Sensação, na voz do Andinho. Temos que nos reinventar sempre. Tenho 10 filhos e uma família que depende de mim. São muitas contas para pagar. Não posso parar”, conclui.