Leilão de bens apreendidos na Maus Caminhos arrecada quase R$ 1 milhão

O primeiro leilão dos bens apreendidos durante a Operação Maus Caminhos gerou uma arrecadação de quase R$ 1 milhão, de acordo com o Ministério Público Federal no Amazonas. (Veja o relatório do leilão no fim da matéria)

O leilão foi realizado pela Justiça Federal em 14 de dezembro de 2018, mas só teve o resultado divulgado nesta quinta-feira (7), e tinha entre os bens automóveis e lanchas apreendidas.

Dos 23 bens leiloados, dez foram arrematados e oito receberam propostas de arrematação. Entre os bens já arrematados estão duas lanchas e oito carros de luxo. Quatro lotes do leilão foram suspensos por decisão judicial.

O valor total de bens arrematados soma R$ 947 mil. Já os bens com proposta de arrematação são quantificados em R$ 220 mil.

Entenda o leilão

O leilão, realizado pela Justiça Federal, é uma forma de preservar o valor dos bens, considerando a desvalorização rápida dos automóveis, por exemplo. Os valores arrecadados com o leilão ficarão depositados em juízo até a finalização dos processos judiciais, o que ocorre com o trânsito em julgado.

O confisco dos bens ou valores só é efetivado caso os proprietários sejam condenados à perda dos bens.

Veja a íntegra do relatório divulgado.

Com informações do MPF.