Lira diz que conduzirá “com serenidade” análise da prisão de Daniel Silveira

Folhapress

O presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), afirmou nesta terça-feira, 16, que pretende conduzir “com serenidade” a análise da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). Pelo Twitter, Lira disse que o episódio será administrado com respeito à opinião da maioria da Casa.

“Nesta hora de grande apreensão, quero tranquilizar a todos e reiterar que irei conduzir o atual episódio com serenidade e consciência de minhas responsabilidades com a Instituição e a Democracia”, escreveu o parlamentar. “Para isso, irei me guiar pela única bússola legítima no regime democrático, a Constituição. E pelo único meio civilizado de exercício da Democracia, o diálogo e o respeito à opinião majoritária da Instituição que represento.”

Silveira foi preso em flagrante pela Polícia Federal na noite desta terça-feira, 16, depois de divulgar um vídeo com discurso de ódio contra os integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro Alexandre de Moraes, que expediu o mandado de prisão, entrou em contato com Lira por telefone logo depois de assinar a decisão.