Luísa Sonza rebate compositora de ‘Cachorrinhas’ que disse não ter trabalho reconhecido

Getty Images

O sucesso de “Cachorrinhas”, que chegou ao topo do Spotify Brasil, rendeu uma treta pública entre a cantora Luísa Sonza e a compositora Elana Dara. Na quarta-feira (3), esta última desabafou nas redes sociais por se sentir pouco valorizada.

“Quando eu estiver no topo, compositor vai ter voz pra caralho, vai ser valorizado como merece”, escreveu ela. “Porque é muito injusto e frustrante você não levar crédito por uma ideia sua (crédito e justiça em porcentagem de composição também).”

Ela também deu a entender que pensou em não autorizar a música. “Eu só não travei o lançamento da música, porque fui muito parceira (inocente e medrosa)”, disse. “Não estou querendo ‘mexer’ com ninguém. Só estou relatando um fato que acontece o tempo todo nas composições.”

A compositora lembrou ainda que algumas pessoas tentam “surrupiar porcentagem de compositor (que já é pouco)”. “Se eu to vindo falar sobre isso aqui é porque foi ‘paia’ mais de uma vez com mais de uma pessoa”, contou, sem citar nomes. “Só que ninguém fala nada, nunca.”

“Quem me conhece sabe que sou muito tranquila e quero chegar em todos os lugares possíveis com o meu trabalho e minha arte”, finalizou. “A crítica foi a esse movimento que rola na composição do pop, que é foda o apoio de artistas mais relevantes no mercado, para só deixar tudo justo nas divisões, saca?”

Também nas redes sociais, Luísa Sonza rebateu as indiretas. “Sempre ouvi falar que, quando artista tem sucesso, cola muito sanguessuga”, disse. “Aos 24 anos, me pego assustada em ver que, realmente, a maioria só quer te sugar e não liga de verdade para você. Estou fora.”

A cantora comentou que conversou com Elana, e que as duas se entenderam. “Não acho que ela seja uma má pessoa, acho que ela foi cabaça em vir aqui e ficar pilhada sem nem trocar ideia comigo”, comentou. “E nem ver todos os lados”

“Para ser artista e estar à frente de tudo, tem que ter um estômago inigualável para não sair surtando”, continuou. “Não culpe os outros pelas suas próprias frustrações, ninguém tem nada a ver com suas merdas.”

Ela ainda pediu que os fãs não ficassem remoendo a história. “Vocês não vão me ver levando rancor. Não quero ser uma pessoa assim e acredito, sim, no melhor das pessoas”, afirmou. “Mas, claro, se for vacilo atrás de vacilo e mais vacilo, aí, meu amigo…”

Elana Dara confirmou a conversa com Luísa. “Acredito que minha indignação foi um conjunto de fatores que foi acontecendo (e que ela não tinha controle), e eu dei, sim, uma vomitada com o objetivo de fazer as pessoas valorizarem o processo de composição e acabou virando uma bolota”, reconheceu. “Não sou ingrata, só estava na pilha.”