Lula deixou Sindicato dos Metalúrgicos a pé e se entregou à PF

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu andando do prédio do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo (SP), no início da noite desse sábado (7). Acompanhado por seguranças, o petista enfrentou confusão para deixar o local, que permanece cercado por militantes.

A partir de agora, o ex-presidente está sob custódia da Polícia Federal. Ainda não se sabe se ele será encaminhado ao aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ou à sede da Polícia Federal na capital paulista. Ele é transportado em comboio da corporação.

O ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelo juiz Sergio Moro por corrupção e lavagem de dinheiro.

Antes de se entregar, Lula participou de uma missa em homenagem a Marisa Letícia. Discursando pela primeira vez desde que Moro decretou a prisão, nessa quinta-feira (05), o petista disse que se entregaria de cabeça erguida.

“Eu não estou escondido. Eu vou lá para eles saberem que eu não tenho medo”, afirmou. “Os poderosos podem matar uma rosa, mas jamais poderão deter a chegada da primavera”, disse.