Lutador amazonense conquista cinturão no MMA profissional

blank

Foto: Emanuel Mendes Siqueira

Alexandre “Lek Lek” Ribeiro, de 28 anos, conquista o cinturão no MMA profissional, no Shark Figth Championship (SFC 4), no município de Rio Preto da Eva (a 80 quilômetros de Manaus).

O lutador amazonense competiu no peso pena (até 66 kg), Lek Lek, também chamado de “Cachorro Louco”, venceu Lucas Lemos de Manacapuru, e faturou o cinturão da organização. Antes, o atleta da MPBJJ Nova União já tinha sido campeão de três organizações locais: Alfa Combat, Big Way Fight e Mr.Cage, cinturão o qual não defendeu porque deixou a terra natal para viver fora.

“Além do evento de Rio Preto da Eva, onde tive uma luta muito dura, também tive uma experiência recente fora do País. Morei nas Filipinas e lutei na Finlândia, no Cazaquistão e na Espanha de novo. Estou vindo de uma sequência boa de vitórias, vou lutar o Shooto em dezembro e vamos ver no que vai dar”, comentou Alexandre, que tem um cartel com 22 combates, sendo 16 vitórias, cinco derrotas e um empate.

Mesmo com compromisso no Shooto Brasil para o mês de dezembro, Alexandre Lek Lek considera que têm adversários a vencer em Manaus em sua categoria. Ele cita dois nomes de peso no cenário local: Marcos Marajó e Elves Brenner. O valor das bolsas, entretanto, é um obstáculo.

“Tenho bastante interesse em lutar com o Marajó, um cara bom, um cara que eu admiro, gosto do jogo dele. Tem também o Elves Brenner, mas hoje em dia não compensa mais lutar aqui em termos financeiros, pois ninguém quer pagar o que a gente merece. Somos os atletas de ponta, os três melhores da categoria até 66 kg aqui”, disse o atleta da equipe do professor Márcio Pontes.

(*) Informações da Assessoria