Anúncio Advertisement

Mãe de PM vítima de feminicídio ainda não recebeu pensão, diz deputada

A deputada estadual Alessandra Campêlo (PMDB) afirmou, nesta terça-feira (19), que a dona de casa Antônia da Silva, mãe da policial militar Deusiane Pinheiro, morta no dia 1º de abril de 2015, vítima de feminicídio, ainda não recebeu os pagamentos da pensão pela morte da filha.

A parlamentar debateu o tema novamente na tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) e pediu o envolvimento e o apoio do Poder Legislativo para resolver o problema que se arrasta desde 2015.

A policial militar Deusiane, então com 26 anos, foi encontrada morta, com um tiro na cabeça, nas dependências da Companhia Fluvial do Batalhão Ambiental, no Tarumã, Zona Oeste de Manaus. Por ação da Comissão da Mulher da Assembleia, da deputada Alessandra e de movimentos sociais de mulheres, o caso foi federalizado e repercutiu até na CPI do Senado que investigou o assassinato de jovens do Brasil.

A deputada denunciou que o Comando da Polícia Militar do Amazonas engavetou o processo no qual a mãe de Deusiane cobra do Governo a pensão a que tem direito por força da legislação.

“A dona Antônia era sustentada pela filha e ela tem direito a uma pensão, pois a filha morreu no exercício da função dentro de um batalhão da PM. O valor dessa pensão não é alto, pois ela era uma soldado, mas o Comando da Polícia Militar há dois anos não paga o que é de direito para essa senhora”, disse Alessandra.

A presidente da Comissão da Mulher ressaltou que existe má vontade do comandante da PM, coronel David Brandão, que em recente reunião com a deputada se comprometeu em honrar com os pagamentos de dona Antônia.

“O coronel David Brandão não quer pagar a pensão que a dona Antônia tem direito como mãe de uma moça que foi assassinada e está passando necessidade. O coronel David Brandão irresponsavelmente como comandante da polícia não resolve esse problema porque não quer”, finalizou Alessandra, que passou ao líder do Governo, Sabá Reis (PR) o encaminhamento do caso.