Mãe de Viih Tube posta carta aberta e grava vídeo chorando: ‘Dói a alma’

Divulgação / TV Globo

A mãe da atriz Viih Tube, Viviane, postou na madrugada deste domingo em seu Instagram uma carta aberta à filha. Na publicação, Viviane sobre a angústia que tem vivido nesses últimos dias em relação ao que está acontecendo na casa mais vigiada do Brasil e que envolve sua filha.

Viih Tube é atualmente uma das participantes do BBB21 mais criticadas nas redes sociais.

Carta na íntegra:

“Viih, minha filha, eu escrevo esta carta aberta sabendo que você só vai ler quando sair da casa. Os últimos dias não têm sido fáceis para quem está aqui fora e ama você! As pessoas têm sido implacáveis em comentários que, como mãe, me dói a alma.

O sofrimento que mais me persegue diariamente é imaginar a sua dor e o conflito de realidades ao sair daí. Filha, desculpa te dizer isso, mas estou com o coração em pedaços. Eu vou sempre estar do seu lado e vou ganhar forças para te apoiar… Juntinhas, como sempre, vamos analisar tudo o que aconteceu e tirar uma lição disso tudo.

O BBB tem nos dado a oportunidade de discutir temas importantíssimos em rede nacional, como por exemplo, he machismo e racismo. Eu serei a primeira a defendê-la das críticas mais pesadas, mas não serei a última a mostrar seus erros quando ocorrem e ajudá-la a evoluir. Você já deu alguns tropeços na vida, mas com eles eu vi você aprender e seguir em frente.

Ninguém nasce pronto e você, mesmo que tenha milhões de seguidores e anos de carreira, ainda é uma jovem procurando entender o seu lugar no mundo e o seu próprio caminho.

Daqui de fora temos acesso a todas as câmeras e pontos de vista, o que torna mais fácil distinguir o certo do errado. Aqui fora também estamos vendo o que dói e o que gera dor.

Tenho certeza que a experiência de estar na casa mais vigiada do Brasil, cercada por pessoas com histórias diferentes da sua, será de grande aprendizado pra você, minha filha. Uma experiência que será lembrada por toda sua vida e que com certeza trará novos aprendizados pra todos nós.”