Mãe que queimou as mãos do filho de 9 anos com ferro de passar roupa é indiciada por tortura

Divulgação

Após ter queimado as mãos do filho de 9 anos com ferro de passar roupa, uma mulher identificada como sendo mãe da criança foi indiciada pela Polícia Civil. Moradora do bairro Novo Israel, na zona norte da capital amazonense, a auxiliar de serviços gerais, de 25 anos, responderá em liberdade pelo crime de tortura.

Segundo a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o crime ocorreu na noite da última segunda-feira (4). “A Polícia Militar recebeu uma denúncia informando que havia uma criança com as mãos queimadas. Trazida para a delegacia, a mãe admitiu que esquentou o ferro e o colocou nas mãos do filho, como uma medida de correção, porque ele teria pego moedas de uma tia”, explicou a delegada titular, Joyce Coelho.
Conforme a delegada, como o menino estava muito assustado e com as mãos muito machucadas, a providência inicial foi mandá-lo para um abrigo para que receba acompanhamento da assistência social e encaminhamento para atendimento médico imediato.
“Trata-se de uma questão difícil, porque se trata de um crime que envolve a família. Não estavam  preenchidos os requisitos para que ela ficasse presa, mas foi aberto um inquérito e ela saiu daqui indiciada, ciente de que perdeu a guarda do filho provisoriamente”, disse Joyce Coelho.
 Ainda de acordo com a Depca, a criança foi levada para um abrigo até a decisão do Juizado da Infância e Juventude.
Com informações da assessoria da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM).