Magnífico reitor nega que tenha dito o que a imprensa publicou e até o governador acreditou!

Não dá pra sair dizendo por aí, como fazem os assessores do Magnífico Reitor da UEA, Cleinaldo Costa, que o Radar não deu Direito de Resposta, no mesmo espaço, inclusive na mesma seção e não deixou ficar o mesmo tempo de postagem das matérias publicadas na seção Na Mira do Radar, né mesmo? Mas não dá pra gente fingir que não viu que, ao invés de tentar explicar – porque justificar tá difícil, né gente? – os sérios indícios de corrupção naquele estabelecimento de ensino superior, do tipo, comprar 60 vasos sanitários para uma unidade da UEA onde só tem sete banheiros, Sua Magnificência se prendeu em refutar situações bem menos graves.

O Magnífico Reitor se preocupou em explicar que “Comissão de Sindicância” é uma coisa e Processo Administrativo Disciplinar (PAD), que se arrasta há oito meses, é outra. Mas tanto faz qual seja a nomenclatura, ele não diz quais os resultados efetivos, até agora, desse PAD para que a comunidade acadêmica, maior interessada e, principalmente o povo do Amazonas, que mantém a UEA, saibam pra onde está indo o dinheiro do ensino superior no Amazonas.

Outro ponto de contestação do Magnífico Cleinaldo Costa em seu “Direito de Resposta” ´foi desmentir que, no ano passado, tenha dito que a UEA estava em situação financeira tão crítica, passando por “desmonte”, “desativação de salas de aula” e outras mazelas, que corria o risco de fechar as portas. Com essa sua “campanha pela salvação da UEA”, o reitor Cleinaldo Costa, se colocou nos holofotes como o salvador da pátria e fez com que o então govenador interino, deputado David Almeida mandasse pra Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) um projeto, aprovado as carreiras pelos parlamentares, devolvendo a autonomia orçamentária para a UEA, ou seja, mais dinheiro e a livre escolha da destinação desses recursos nas mãos do gestor da UEA, no caso o Magnífico Reitor Cleinaldo Costa. Que causa nobree, né gente?

Só que, agora, o reitor diz que não declarou nada disso, o que leva a crer que o governador e os deputados devem ter entendido tudo errado e nem tinha essa pressa toda em dar autonomia financeira à UEA. E nem se fala dos companheiros da imprensa! Pelo que diz o reitor, reproduziram aquilo que não ouviram. Só sendo assim para o Portal do Holanda ter dito que Cleinaldo Costa “salvou a UEA de fechar as portas” ou o site de A Crítica ter publicado que os “alunos da UEA pretendiam ocupar a Assembleia para evitar fechamento da UEA”. E ainda o BNC, disse que “professores da UEA acharam irresponsável a declaração do Magnífico Reitor de que a UEA ia fechar as portas”. Como? Até os professores ouviram o que o reitor não disse? E como tem colega de imprensa que publicou aquilo que o reitor não falou? Como dizia minha velha e sábia mãe cabocla, o mal do esperto é achar que todo mundo é leso!