Mais de 11 mil pessoas prestigiam 63º Festival Folclórico do Amazonas

Reunindo toda a alegria e as delícias das tradições dos festejos amazônicos, o 63° Festival Folclórico do Amazonas levou, aproximadamente, 11 mil pessoas ao Anfiteatro da Ponta Negra, zona Oeste de Manaus, nos primeiros quatro dias de apresentação dos grupos da Categoria Bronze.

Ao todo, 18 grupos se apresentaram pela Categoria Bronze que encerrou na segunda-feira, (12). Já nessa terça-feira, (13), outros 48 grupos assumiram a disputa, dessa vez, pela Categoria Prata.

Sábado

No sábado, (10), as apresentações iniciaram com a quadrilha tradicional “Império na Folia”, com performance inspirada em histórias do mundo encantado da Disney. Em seguida, foi a vez da dança internacional “Jai Oh”, da Companhia de Artes Cênicas das Índias Orientais, que trouxe para o palco as tradições da Turquia. Na sequência, a quadrilha cômica “Mercenários na Roça” encantou o público presente com o tema “No escurinho do cinema”, retratando os grandes clássicos das telonas.

Já ao som do famoso forró e xaxado, a dança nordestina “Filhos de Lampião” foi a quarta dança a se apresentar na noite de sábado, (10). A ciranda “Sedução da Compensa”, que reuniu em sua apresentação tradição, glamour nas fantasias e muita alegria, fechou a programação de apresentações da noite.

Domingo

As apresentações dos grupos folclóricos da categoria Bronze continuaram a todo vapor no domingo, (11).  A ciranda “São Sebastião” abriu a programação da noite com o colorido estampado no figurino dos brincantes. Em seguida, a dança nacional “Xameguinho do Xote” embalou o público ao som do ritmo nordestino. Na sequência, a quadrilha cômica “Bagaceira na Roça” surpreendeu o público com a temática do filme ‘Matrix’, exibindo passos sincronizados e fantasias inspiradas no filme famoso.

E fechando a noite de domingo, (11), a dança nordestina “Cabras do Capitão Corisco” trouxe ao palco o melhor da tradição das danças nordestinas, com passos fortes e fantasias alusivas de cangaceiros do sertão.

As apresentações dos grupos da categoria Bronze encerraram na segunda-feira, (12), com os grupos “Bandoleiros do Sertão” – Dança nordestina, “Garotas da Noite” – Quadrilha Cômica; “Molejo” – Ciranda; “Espiões na Roça” – Quadrilha de Duelo e “ Vítor e Vitória” – Quadrilha Cômica.

Gastronomia

A feira gastronômica da 63ª edição do festival é comandada, pelo segundo ano consecutivo, pela Rota dos Chefs, que disponibiliza ao público, 30 barracas com as mais variadas comidas e petiscos, como bobó de camarão, carne de sol, tacacá, farofa de camarão, milho cozido, pamonha, cachorro quente, batata frita, sanduíches, pizza, entre outros pratos.

As barracas estão localizadas próximas à arquibancada do anfiteatro e funcionam durante todo o evento, iniciando a venda de produtos às 17h, com preços a partir de R$ 5.

Com informações da assessoria da Semcom.