Mais de 240 mil alunos voltaram às aulas na rede municipal

Foto: Assessoria Semed

O pontapé foi dado. Nesta quarta-feira (5), a Prefeitura de Manaus deu início às aulas para mais de 240 mil alunos. Em 2020, a rede municipal de ensino contará com 15.787 servidores, sendo que 12.976 mil são professores.

“Nossa meta este ano é subir ainda mais os índices de qualidade na educação, conforme nos determina o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que tem investido maciçamente em novas estruturas e ações pedagógicas. Damos boas-vindas aos alunos e desejamos que este ano letivo seja bastante produtivo a todos os nossos educadores”, disse a secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt.

Com mais de 1,3 mil alunos, do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), a escola municipal Jarlece da Conceição Zaranza, localizada bairro Novo Aleixo, zona Norte, é uma das unidades que retornou às atividades, nos turnos matutino, vespertino e noturno. Segundo a diretora da escola, que é a segunda maior em número de alunos da rede, Anice Maria Iskandar, o início das aulas no local começou hoje, mas o trabalho vem desde o começo do ano.

“Quando os pais procuram uma escola e insistem que o filho estude nela, é porque nós temos a certeza de que estamos no caminho certo. Hoje foi início do ano letivo, transcorreu tudo normalmente com a entrada dos alunos, não teve problema e a comunidade ficou muito feliz. Nosso trabalho iniciou no dia 4 de janeiro com toda essa preparação”, disse a diretora.

No Complexo Maria Antonieta Verçosa de Raposo, no Riacho Doce 2, zona Norte, que agrega a escola municipal Raimundo Teodoro Botinelly Assumpçã, a creche municipal Eliana Freitas e Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Maria da Fé Xerez Anzoategui, os alunos também compareceram no primeiro dia de aula.

A professora do Cmei, Regina Creuza da Silva, afirmou que a programação teve a apresentação da equipe escolar, como docentes, pedagogos, administrativos, auxiliar de serviços gerais, merendeiras, aos pais. Para ela, é importante que todos saibam que são os profissionais que trabalham em prol da aprendizagem de qualidade no município de Manaus.

“É muito importante receber as crianças e os pais nesse primeiro momento. É de muita responsabilidade estar com esses pequenos na escola. Este primeiro momento foi muito bacana, os pais foram bem receptivos, algumas crianças choraram, mas outras já compreenderam e ficaram bem enturmadas logo no primeiro dia em sala”, concluiu.

O autônomo Ronald Silva de Souza, 35, pai do aluno do 2º período, Ronei José Fernandes de Souza, 5, disse que o filho não parava de perguntar quando iriam começar as aulas. “A expectativa é muito boa, meu filho estava ansioso e bastante nervoso por ser seu primeiro dia. Ele gostou muito da escola, da professora e foi muito bem recepcionado. Tivemos um ótimo atendimento, meu filho é bem sossegado, mas estava com muita vontade do convívio da escola e dos colegas”, citou.

Com informações da assessoria de comunicação da Semed