Anúncio

Mais de 320 escolas vão receber equipes de vacinação contra sarampo

Fotos: Divulgação/Semsa

Como parte da segunda etapa do Plano de Intensificação Contra o Sarampo em Manaus, iniciado na última segunda-feira (16), a Prefeitura de Manaus vai atuar em 323 escolas municipais com a oferta pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) da vacina tríplice viral, que imuniza contra sarampo, rubéola e caxumba. Outras 234 escolas estaduais serão atendidas por equipes da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS).

A intensificação vacinal em escolas seguirá até o dia 26 de agosto, quando deverá ser finalizada a segunda etapa do plano de combate ao sarampo. Além das escolas, Semsa e FVS, a partir de agosto, irão vacinar em universidades de Manaus.

O público-alvo prioritário da vacinação em escolas e universidades são crianças, adolescentes e jovens adultos. “Pessoas com até 29 anos de idade representam 89,5% dos casos confirmados e 85,5% dos casos notificados de sarampo em Manaus. A partir desse dado, a Prefeitura de Manaus estabeleceu estratégias de intensificação da oferta de vacina para essa faixa etária, o que inclui a ação em escolas e universidades, com o objetivo de quebrar a cadeia de transmissão da doença”, explica o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

A vacina tríplice viral está disponível em 183 salas de vacina para pessoas na faixa etária de seis meses a 49 anos.

Varredura vacinal

O Plano de Intensificação Contra o Sarampo em Manaus, elaborado por meio de colaboração técnica e financeira entre Semsa, Ministério da Saúde (MS), Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), Secretaria de Estado da Saúde (Susam), também inclui a varredura vacinal, com vacinação de casa em casa, em três bairros com maior incidência de sarampo, considerando critérios de quantitativo populacional, número de notificações e/ou confirmações de casos.

O trabalho de varredura já foi iniciado nos bairros Jorge Teixeira, que tem 342 casos notificados de sarampo, e no bairro Cidade Nova, com 265 notificações. Na próxima semana, a programação vai acontecer no bairro Novo Aleixo, que registra 179 notificações.

No total, Manaus tem 2.660 notificações da doença, com 444 casos confirmados, 119 descartados após investigação e 2.097 aguardando resultados laboratoriais.