Mais de 80 pessoas foram presas por exploração sexual em Manaus

Nos seis primeiros meses deste ano, cerca de 84 pessoas foram presas pela Polícia Civil, por crimes que tiveram como vítimas crianças ou adolescentes em Manaus. Do total de prisões, 61 foram em flagrante e 23 em cumprimento de mandados durante operações policiais. Os dados são da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Entre os principais crimes investigados pela Depca, neste primeiro semestre, estão estupro, divulgação e pornografia infantil, importunação, maus tratos e abandono de crianças e adolescentes.

Nesse período, a especializada realizou 25 operações, segundo o levantamento. Entre as de mais destaque estão a “Luz na Infância IV” – operação nacional que apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet – e a “Araceli”, deflagrada pela Especializada contra o abuso e à exploração sexual infantojuvenil em Manaus.

A Depca orienta que as denúncias podem ser feitas diretamente na sede, que fica na rua 6, nº 1, conjunto Vista Bela, bairro Planalto, na zona centro-oeste; pelo e-mail depca@policiacivil.am.gov.br; e pelo telefone (92) 3656 8575. O cidadão também pode denunciar utilizando o Disque 100, do Governo Federal, e 181, número da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Com informações da assessoria da SSP-AM.