Mais pacientes com Covid-19 continuam chegando no 28 de Agosto, ao invés de serem atendidos no Delphina Aziz

Continuam a chegar no Radar documentos que mostram que pacientes com todos os sintomas da Covid-19 e até mesmo já diagnosticados com a doença, não têm sido levados para o Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, unidade hospitalar que o governo anunciou com o maior alarde na imprensa que seria exclusivamente para o atendimento dos casos de pessoas infectadas por coronavirus.

Esses pacientes têm sido levados para o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, o que se caracteriza como uma irresponsabilidade e uma temeridade, segundo os próprios profissionais de saúde, já que naquela unidade hospitalar há idosos internatos e são tratadas pessoas com doenças cardíacas, diabéticos, hipertensos, pacientes que estão no grupo de risco e que devem tomar medidas de prevenção mais drásticas

Depois do caso de um homem de 27 anos que deu entrada no dia 24 março, às 21h44, como mostrou o Radar na matéria intitulada “Com risco de contaminar outras pessoas, paciente com Covid-19 está internado no 28 de Agosto”, agora são duas senhoras. Uma delas, de 71 anos, deu entrada nessa quinta-feira (26) e outra, de 57 anos, chegou na manhã desta sexta-feira (27) – ver fichas das pacientes no final da matéria

E ao invés de explicar porque esses casos estão indo parar no 28 de Agosto e porque não são levados imediatamente para o Delphina, o Governo do Estado decidiu fazer vista grossa e tentar desmentir a matéria sobre o primeiro caso que chegou ao conhecimento do Radar. O Radar foi acusado, entre outras coisas, de estar provocando o terror – isso até parece fala do presidente contra a imprensa né mesmo? – usando um caso isolado de paciente com Covid-19 atendido no 28 de Agosto.

A gente preferia estar errado e quem sabe até levar um desmentido mas, infelizmente, novos casos estão chegando no Radar sobre internação de pacientes no 28 de Agosto infectados com coronavirus, algo preocupante por se tratar de um hospital com alta demanda de atendimentos e grande rotatividade de pessoas e funcionários.

Clique para zoom

Clique para zoom