Manaus ganhará mais dois parques da juventude em áreas verdes

Obras dos parques da juventude dos conjuntos Colina do Aleixo. Fotos: Arlesson Sicsu/Semmas.

A Prefeitura de Manaus irá implantar mais dois parques da juventude em áreas verdes da capital. Desta vez, os espaços irão beneficiar os moradores dos conjuntos Colina do Aleixo, no Novo Aleixo, zona Norte, e do Jardim Primavera, no Parque Dez, zona Centro-Sul.

“Ao mesmo tempo em que valorizamos a integração da população com a natureza, recuperando essas áreas verdes antes degradadas, também contribuímos para redução da criminalidade, porque eram espaços abandonados e, muitas vezes, vulneráveis a ações de vândalos”, destacou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. “As obras da segunda fase do Corredor Ecológico do Mindu estão a todo vapor e esses parques completam o projeto urbanístico que tem mudado para melhor a vida das pessoas daquelas áreas”, completou.

As obras tiveram início primeiro no Colina do Aleixo e consistirão na instalação de alambrados para demarcação da Área de Preservação Permanente (APP) e de equipamentos públicos que possibilitarão a requalificação do uso do espaço pela comunidade. O local passará a contar com pista de caminhada, academia ao ar livre, parquinho infantil, iluminação a LED, além de melhoramento da vegetação e paisagismo. No Jardim Primavera, as obras terão início nesta semana.

A área verde do Colina do Aleixo fica situada entre as ruas José Romão e Rio Jordão. Já a do Jardim Primavera engloba a área denominada como de recreação e institucional do conjunto, localizando-se entre as ruas 8 e 4. As áreas verdes ganharão quadra poliesportiva e uma quadra de areia, além de espaço para caminhada e estruturas de apoio (bancos de concreto, lixeira). O Conjunto Colina do Aleixo possui 542 casas e aproximadamente 2 mil moradores.

Com recursos oriundos do antigo Ministério das Cidades e financiamento da Caixa Econômica Federal, as obras integram o “Programa de Infraestrutura Urbana e Ambiental de Manaus”, desenvolvido pela Unidade Executora de Projetos da Secretaria Municipal de Infraestrutura (UEP Seminf), em parceria com as secretarias municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe).