Anúncio Advertisement

Manaus não registra mortes no trânsito durante fim de ano, diz Detran

Foto: Detran/Divulgação

Entre 28 de dezembro de 2018 e o primeiro dia deste ano (1º), não houve registro de vítimas fatais em acidentes de trânsito em Manaus, apontou o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM). Segundo o órgão, de 28 de dezembro de 2017 e 1º de janeiro de 2018 foram registradas três mortes. Na comparação entre os período, a queda foi de 100%.

Por outro lado, no interior do Estado foram registradas oito vítimas fatais envolvidas em acidentes de trânsito. Os dados são da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

De acordo com o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, o órgão reforçou a fiscalização nas ruas de Manaus durante o feriado do Réveillon e reduziu o número de vítimas fatais envolvidas em acidentes de trânsito.

“Nós intensificamos as ações nesse fim de ano em todo o Estado. Infelizmente, nas estradas, muitos acidentes são causados pela imprudência do próprio condutor, algo que a gente vem combatendo por meio de campanhas de conscientização e de responsabilidade do condutor”, ressaltou Sá.

Balanço

O Detran-AM também flagrou 42 motoristas dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica entre os dias 28 de dezembro e 1º de janeiro, em Manaus. As ocorrências foram registradas durante operações da Lei Seca realizadas em todas as zonas da capital.

Em Manaus, a fiscalização iniciou na tarde de sexta-feira (28) e encerrou na manhã da última terça (1º de janeiro). A operação foi reforçada nas áreas das festas de Réveillon da Prefeitura de Manaus, realizadas no Anfiteatro da Ponta Negra, zona oeste; no shopping Phelippe Daou, zona leste; e na Orla do Amarelinho, no bairro de Educandos, zona sul de Manaus.

Durante o período, mais de 400 pessoas foram flagradas com alguma irregularidade. Foram emitidos 484 autos de infração, 120 veículos foram retidos, sendo 62 carros e 58 motos, além de 49 CNHs. Licenciamento em atraso, pessoas dirigindo sem possuir Carteira Nacional de Habilitação, motociclistas sem capacete e condutores dirigindo sob efeito de bebida alcoólica foram as infrações mais identificadas durante as operações.

Além das blitze de fiscalização da Lei Seca, a equipe de Educação para o Trânsito do Detran-AM esteve nas ruas e abordou cerca de 300 veículos entre carros e motocicletas. Os condutores receberam uma carta com dicas de trânsito.

Com informações da assessoria do Detran-AM.