Manaus sediará encontro oficial da Ópera Latinoamérica no Brasil

Manaus sediará em 2021, o Encontro Anual da Ópera Latinoamérica (OLA), que reúne representantes dos teatros de ópera da América Latina e Espanha. O anúncio foi feito durante a 12ª edição do evento, que está acontecendo no Teatro Solís, em Montevidéu, no Uruguai. A capital do Amazonas concorreu com as cidades de Cali (Colômbia) e Lima (Peru).

Será a primeira vez que o Brasil receberá o evento. De acordo com o secretário de Cultura do Amazonas, Marcos Apolo Muniz, o encontro será importante para o Estado, inclusive trazendo investimentos para o Amazonas.

Prévia – Em 2019, durante a 22ª edição do Festival Amazonas de Ópera (FAO), foi realizado em Manaus o encontro “Os Teatros de Ópera e a Economia Criativa na América Latina”, que reuniu  representantes do segmento, entre eles o secretário especial de Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Medeiros Pires; a chefe do Departamento de Economia do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Trinidad Zaldivar; e a diretora administrativa da OLA, Paulina Ricciardi.

O evento, que discutiu a importância do mercado operístico para a economia, também foi importante para garantir ao Teatro Amazonas a oportunidade de sediar o encontro anual da OLA.

Sobre a OLA – A Ópera Latinoamérica (OLA) foi fundada em 2007, tendo o Teatro Amazonas como um dos membros fundadores. Sediada em Santiago (Chile), tem mais de 25 membros de 11 países da América Latina e Espanha: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha, Estados Unidos, México, Peru e Uruguai.

Atualmente o Brasil tem quatro membros ativos na OLA: Teatro Amazonas (AM), Theatro da Paz (PA), Theatro Municipal de São Paulo (SP) e Cia Lírica de São Paulo (SP).

Com informações da assessoria da SEC.