Manaus tem aumento de 15% no número de roubos em 2022, segundo a SSP-AM

Somente em janeiro e fevereiro deste ano, a SSP já contabilizou mais de 5 mil roubos somente em Manaus

Foto: Divulgação

Mesmo que o governador Wilson Lima (União Brasil) tenha investido R$ 280 milhões no programa Amazonas Mais Seguro, anunciado ano passado, somente em Manaus, nos dois primeiros meses deste ano, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) já contabilizou 5.088 roubos. O dado está disponível no site da pasta e representa um aumento de 15% se comparado ao mesmo período de 2021, quando foram registrados 4.414 roubos.

De acordo com a SSP-AM, o roubo mais registrado em 2022 foi o roubo a transeuntes, com 3.684 registros policiais, seguido de roubo a passageiros do transporte público, com 514; roubo de veículos, com 297 registros e  roubo em estabelecimentos comerciais ou de serviços, com 265 casos. Mas também foram registrados roubo a residências e roubo com vítima em cárcere.

Estão disponíveis no site da SSP-AM apenas os meses de janeiro e fevereiro de 2022. Em relação a 2021, de janeiro a dezembro, na capital, foram 37.651 registros de roubo, sendo o mês de setembro o mais perigoso, com 3.831 casos registrados. Já durante todo o ano passado, no interior, houve 1.394 roubos.

Nessa quinta-feira (21), durante entrega de materiais, o governador Wilson Lima apenas se vangloriou dos itens que entregou, mas não citou em nenhum momento que os índices de criminalidade, seja na capital ou no interior, continuam altos.

Para se ter uma ideia, somente no último fim de semana, entre a Sexta-feira Santa (15) e o Domingo de Páscoa (17), 21 pessoas foram mortas na capital.

Programa fiscalizado

O Ministério Público do Estado (MPAM) instaurou um procedimento administrativo, no início deste mês, para fiscalizar a implementação do programa. O procedimento foi publicado no Diário Oficial do MPAM e assinado pelo promotor de Justiça, João Gaspar Rodrigues.

Inicialmente, o governador Wilson Lima disse que o programa iria colocar 500 câmeras inteligentes, além da capacitação dos operadores para o monitoramento e a criação de uma equipe policial especializada para coordenar investigações. A previsão para o programa ser implementado era setembro de 2021. Apesar do alto investimento, a população amazonense não viu o resultado esperado do ‘Amazonas Mais Seguro’.

Cavaletes “fazem” Segurança

Entre os investimentos anunciados na Segurança, o governador Wilson Lima trouxe para as ruas cavaletes onde, de um lado, tem o brasão da Polícia Militar e está escrito: “Aqui tem Seg (segurança)”, e do outro tem a logomarca do programa Amazonas+Seguro, mais um dos inúmeros programas que têm sido lançados por Wilson Lima em ano eleitoral.

Segundo publicou o Radar, em fevereiro, esses cavaletes estão sendo colocados na porta dos estabelecimentos comerciais, como, por exemplo, em frente as lojas do Vieiralves e do Parque 10, por policiais militares que ao invés de estarem fazendo a ronda nas ruas para combater a bandidagem estão sendo obrigados a cumprir a constrangedora missão de carregar cavaletes de propaganda do governo.