Manauscult define apoio cultural da prefeitura aos grupos folclóricos

A Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) homologou o resultado final do Edital de Chamada Pública nº 006/2017, que prevê o apoio financeiro aos grupos e associações folclóricas de Manaus que participarão do 61º Festival Folclórico do Amazonas. No total, cinco proponentes tiveram suas propostas habilitadas.

“A proposta de apoio ao folclore de Manaus por meio de editais é uma prática que vem sendo adotada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Manauscult, e que está consolidada, graças à sanção do Sistema Municipal de Fomento à Cultura (Siscult), que preconiza a obrigatoriedade do investimento do poder público no folclore, carnaval e nas artes e cultura, por meio dos editais”, explicou o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula.

Receberão o apoio a Liga Independente Dos Grupos Folclóricos de Manaus (LIGFM), Associação Folclórica Cultura do Amazonas (AFCAM), Associação Cultural Folclórica Educandense Boi Bumbá Garanhão, Associação Folclórica Cultural Boi-Bumbá Corre Campo e a Associação Cultural Boi-Bumbá Carinhoso.

A LIGFM e AFCAM representam mais de 80 grupos folclóricos que integram a Categoria Bronze e Prata do Festival Folclórico do Amazonas. O resultado do edital foi publicado na edição 4161 do Diário Oficial do Município (DOM) do dia 7 de julho e também pode ser consultado no Portal Viva Manaus, pelo link www.vivamanaus.com/editais. Este ano, o festival folclórico ocorrerá no Anfiteatro do Complexo Turístico Ponta Negra, na zona Oeste.

Marco Regulatório

Para o repasse do recurso, serão feitos termos de cooperação, que atendem às exigências do novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC). A iniciativa, até então inédita entre as principais prefeituras da Região Norte do País, foi adotada pela Prefeitura de Manaus este ano, no apoio financeiro às Escolas de Samba dos grupos de acesso e especial. O MROSC facilita a prestação de contas, mas não diminui nem extingue as obrigações legais.

Barracas

A edição 4161 do DOM traz ainda o resultado final do Edital nº 07/2017 que estabelece critérios à autorização de uso para empresa especializada e com experiência comprovada em feiras gastronômicas para operação e funcionamento de até 30 barracas para operação de venda de bebidas e alimentos no segmento de comidas típicas juninas, no anfiteatro do Complexo Turístico Ponta Negra, durante a realização do evento 61º Festival Folclórico do Amazonas.

A empresa “Mode On Marketing Promocional e Consultoria em Eventos Eirelli – ME” ficará responsável por gerenciar as barracas no período do festival folclórico.

Foto: Ingrid Anne

Assessoria de Comunicação da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult)