Manifestantes programam ato “Fora Bolsonaro” nesta sexta-feira (7) em frente ao Teatro Amazonas

Um ato do movimento ‘Fora Bolsonaro’ está programado para acontecer em Manaus, nesta sexta-feira (7), com início às 8h, em frente ao Teatro Amazonas, Centro. Os atos de protestos já foram confirmados em mais de 20 estados, sendo Manaus uma das capitais.

A mobilização, que é organizada por centrais sindicais, partidos políticos, entidades dos movimentos populares e sociais de todo o País, tem duas bandeiras: uma de luto dos que morreram vítimas da Covid-19 e a outra pela luta em defesa da vida e dos empregos no País.

Todos os manifestantes devem estar vestidos com roupas na cor preta, simbolizando o luto pelos que morreram com a doença. As pessoas devem observar os protocolos de segurança, como obedecer ao distanciamento de 1,5 metros, usar máscaras e fazer a higienização das mãos com álcool gel periodicamente.

De acordo com Marcelo Amil, o ato simbólico em frente ao Teatro Amazonas vai contar com 100 cruzes, que simbolizam os 100 mil mortos pela Covid-19 no Brasil. O advogado aproveitou para criticar a posição do presidente Bolsonaro, que chegou a descrever a Covid-19 como uma “gripezinha” e se recusou a tomar a iniciativa de combate ao vírus.

“Bolsonaro conduziu o Brasil a uma tragédia com seu negacionismo. Atingimos hoje cem mil mortes por Covid no Brasil, com uma taxa de 459 mortes por milhão de habitantes, enquanto na Argentina esse índice é de 91 mortes por milhão. Essa tragédia que poderia ter sido evitada não pode passar em branco pois, os responsáveis por ela, seja por ação ou omissão, devem e serão responsabilizados”, ressaltou Amil.

Segundo os organizadores, durante o protesto, serão lidos os nomes dos trabalhadores das categorias presentes que faleceram pela Covid-19 no Amazonas. Além disso, no final do ato, as cruzes serão colocadas na escadaria do Teatro Amazonas.