Manisfestantes deixam cruzes na escadaria do Teatro Amazonas em ato contra Bolsonaro

Foto: Luiz Mendes

Cruzes foram deixadas na escadaria do Teatro Amazonas, localizado no Centro de Manaus, na manhã desta sexta-feira (7), como protesto contra a forma que o presidente Jair Bolsonaro vem combatendo a pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Segundo Isis Tavares, presidente da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras da Amazônia (CTB), as cruzes representam um luto por mais de 100 mil mortes por Covid-19 no país.

“Os números oficiais são 93 mil, mas nós sabemos através de infectologistas que existe uma subnotificação em relação a isso porque não teve testagem em massa”, disse Isis.

Ainda segundo a presidente da CTB, houve falta de políticas públicas para combater com seriedade a pandemia que afetou muitas famílias financeiramente.

“Os mais ricos, na pandemia ficaram mais ricos, vocês viram isso! Para eles isso é uma oportunidade para ganhar em cima da morte da miséria humana. O governo deu milhões para empresários e banqueiros e para nós trabalhadores ele cortou o auxílio-emergencial”, concluiu.

O grupo de manifestantes voltará na noite dessa sexta-feira (7), para um novo ato contra o Governo em frente ao Teatro.