Mariupol: Rússia confirma retirada de 265 soldados ucranianos e conquista total da cidade

Imagem aérea feita pelo Ministério da Defesa da Ucrânia mostra bombardeios ao complexo metalúrgicos de Mariupol — Foto: via Reuters

A Rússia confirmou na manhã desta terça-feira (17) que cerca de 265 soldados ucranianos entregaram as armas e deixaram o complexo metalúrgico de Azovstal, o último ponto de resistência das forças da Ucrânia em Mariupol, no sul do país.

Segundo o Ministério da Defesa russo, 51 soldados estavam feridos e foram levados a um hospital na cidade de Novoazovsk.

“Nas últimas 24 horas, 265 militantes entregaram suas armas e se renderam, incluindo 51 seriamente feridos”, afirmou o Ministério, em nota.

A Rússia não especificou quantos faziam parte do Exército ucraniano e quantos eram combatentes que se uniram às forças do país.

Os soldados estão sendo retirados da cidade pelo governo da Ucrânia, informou Kiev.