Matéria do Fantástico foi “encomendada” e feita com “denúncias fabricadas”, diz Adail Pinheiro (ouvir áudio)

Em entrevista em cadeia de radio, gerada a partir da Rádio Tiradentes de Coari – horários pagos com dinheiro público -, o prefeito de Coari, Adail Pinheiro, desqualificou a matéria veiculada pelo Fantástico, da Rede Globo de Televisão dizendo se tratar de “matéria “encomendada”, “com denúncias fabricadas”, feita “com a ajuda de inimigos de Coari que se reuniram para orquestrar esse filme visto no Fantástico”. A entrevista é feita pelo telefone. O próprio Adail diz que está em Manaus onde, segundo a reportagem do Fantástico, desmarcou de última hora uma entrevista com a equipe da Globo. O prefeito disse ainda que esteve em Brasília “resolvendo assuntos de interesse do município”. Adail aponta um de seus adversários nas eleições de 2012, que ficou em segundo lugar, o empresário Raimundo Magalhães como o responsável pela dita matéria encomendada. “Esse rapaz não se conforma com a derrota”, diz Adail. Para Adail as matérias não são só contra ele, são “ contra o município de Coari e contra as famílias do município”.