Maus caminhos: Família Melo volta a depor na Justiça Federal

O ex-governador José Melo, cassado por compra de voto em 2014 e a ex-primeira-dama Edilene Gomes, são dois dos réus da Operação Maus Caminhos, que devem ser ouvidos pela Justiça Federal ao longo de duas audiências, realizadas nesta terça (6) e quarta-feira (7).

No dia 16 de julho, o ex-governador e a ex-primeira-dama também estiveram no órgão para serem ouvidos. Na ocasião, o Radar flagrou o momento em Melo e Edilene deixaram a sede da Justiça Federal, que fica no bairro Aleixo, zona Centro-Sul.

Segundo a juíza da 4ª Vara da Justiça Federal Ana Paula Serizawa, responsável pelo processo, a ex-primeira-dama dará depoimento nesta terça. Além dela, os ex-secretário de administração Evandro Melo, Ana Claudia da Silveira Gomes e Keytiane Evangelista também devem ser ouvidos ao longo do dia.

Já na quarta, será a vez de José Melo voltar a prestar depoimento à Justiça Federal. Também devem depor os ex-secretários de Estado de Saúde (Susam) Pedro Elias e Wilson Alecrim, o da Fazenda Afonso Lobo e o da Casa Civil Raul Zaidan.

A Maus caminhos foi deflagrada em 2016, pela Polícia Federal e revelou um esquema que desviou mais de R$ 200 milhões em recursos da saúde do Amazonas.