MDB fica sem comando no Congresso pela 1ª vez desde 1985

As vitórias de Rodrigo Maia (RJ) e Davi Alcolumbre (AP), ambos do DEM, nas eleições para as presidência da Câmara e do Senado são significativas em termos negativos para o DEM. Motivo: esta é primeira vez desde o governo de José Sarney, em 1985, que o partido não tem o comando de ao menos uma das Casas do Congresso.

Situação similar ocorreu apenas em 2007, quando Renan Calheiros (AL), que desistiu do pleito neste sábado (2), renunciou à presidência do Senado para evitar ser cassado.