MEC divulga resultado da primeira chamada do Prouni

Foto: Agência Brasil

O resultado da primeira chamada do Prouni (Programa Universidade Para Todos), na edição do primeiro semestre, foi divulgado nesta quarta-feira (6) pelo Ministério da Educação, na página do Prouni.

Os candidatos aprovados terão que apresentar, nas universidades para onde foram selecionados, os documentos comprovando o cumprimento dos requisitos para garantir a matrícula. O prazo é até dia 14 de fevereiro.

Uma segunda chamada está prevista para 20 de fevereiro, contando com comprovação das informações até o dia 27 seguinte. Já a lista de espera terá sua manifestação de interesse em 7 e 8 de março, oportunidade destinada a quem não for convocado nas duas chamadas regulares do ProUni, com resultado esperado para o dia 11 do mesmo mês.

Neste ano, há 243.888 vagas para o programa de bolsas parciais e integrais em instituições privadas. Segundo o MEC, o número é um recorde histórico desde a criação do Prouni, em 2005. Dessas vagas, 116.813 são bolsas integrais e 127.075 são parciais.

Para participar do processo seletivo do Prouni, é necessário que os estudantes não possuam diploma de curso superior e tenham participado da edição de 2018 do Enem, com no mínimo 450 pontos na média das notas do exame e nota superior a zero na redação.

Também é preciso ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede particular como bolsista integral, ser pessoa com deficiência, ser professor da rede pública de educação básica em exercício, integrante de instituição pública e, neste caso, concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura.
As bolsas são definidas conforme a renda familiar. Para famílias com renda de até 1,5 salário mínimo por pessoa, a bolsa é integral (100%). Já para famílias com renda de até 3 salários mínimos por pessoa, a bolsa é parcial (50%).