Medalhista olímpico Arthur Zanetti estará em Manaus nesta quinta-feira dia 1º

zanetti 1 capa

O medalhista olímpico e um dos principais nomes da ginástica artística no mundo, Arthur Zanetti, estará em Manaus nesta quinta-feira, dia 1º. O evento, em comemoração ao Dia do Profissional da Educação Física, será realizado às 19h, no salão do Clube do Trabalhador do Sesi, localizado na avenida Cosme Ferreira, bairro Coroado, zona Leste. O evento, promovido pelo Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (Cref-8), conta com o apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

De acordo com o presidente do Cref-8, Jean Carlo Azevedo, a ação vai possibilitar um bate-papo e destacar a importância do profissional na vida de um atleta de alto rendimento. “A intenção do evento são duas: a primeira é destacar a importância do profissional de Educação Física na vida de um atleta, pois desde o início da carreira, o Zanetti é acompanhado de perto por um. A segunda é que ele se formou em Educação Física e é atleta de alto rendimento. Vai ser uma forma de motivar ainda mais a classe”, afirmou.

Pela segunda vez em Manaus, o medalhista de ouro das Olimpíadas de Londres 2012 e prata na Rio 2016, está empolgado com o encontro. “Será um prazer enorme ir a Manaus e encontrar com os profissionais de Educação Física. Espero que todos se interessem e queiram participar, pois vai ser um momento de muita troca de experiência”, comentou o campeão.

Marcos Goto também virá

O treinador de Arthur Zanetti, Marcos Goto, também estará em Manaus para ministrar uma palestra com os profissionais da Ginástica Rítmica (GR) e Artística (GA).  O encontro será realizado no Centro de Ginástica do Amazonas Bianca Maia Mendonça, na Vila Olímpica de Manaus, bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste, também na próxima quinta-feira, dia 1º, a partir das 14h.

“Essa palestra vai ser uma excelente oportunidade para os nossos professores da ginástica rítmica e artística. Todos nós vamos participar e adquirir experiência e essa capacitação vai nos ajudar muito. Será um presente muito bom em comemoração à data”, afirmou a coordenadora do Centro, Alessandra Balbi.

Encontrões de medalhistas

Com Zanetti, o Cref-8 aumenta o número de atletas medalhistas olímpicos que contribuíram com o avanço da Educação Física no Amazonas. Nos encontros anteriores, estiveram presentes o ex-velocista Claudinei Quirino e o ex-capitão da seleção brasileira de vôlei, Nalbert.

Inscrições

Para garantir uma vaga nos encontrões – do Zanettti ou do Marcos Goto – os profissionais devem acessar o site http://www.cref8.org.br/encontro-arthur-zanetti/ e preencher o formulário com nome completo e número do registro. A entrada é gratuita.

Arthur Zanetti

Arthur Zanetti nasceu em São Caetano do Sul (SP), na região do ABC paulista, em 16 de abril de 1990. Começou na ginástica artística aos 7 anos, seguindo o conselho de um professor de Educação Física do Colégio Metodista, onde estudou entre 1995 e 2002. “Queria jogar futebol, mas era muito ruim”, conta o ginasta.

Ao observar o menino, mais baixo que os outros alunos, mas ágil e com o tronco forte, o professor Sérgio Oliveira dos Santos sugeriu aos pais que o levassem para fazer um teste para ginástica artística na SERC (Sociedade Esportiva Recreativa e Cultural) Santa Maria, em São Caetano do Sul (SP). Deu certo.

Em 6 agosto de 2012, em Londres, Arthur Zanetti passa para a história como o primeiro atleta brasileiro a conquistar uma medalha olímpica para a ginástica artística, na North Greenwich Arena. Pelos Jogos Olímpicos daquele ano, ele foi ouro nas argolas, com 15.900 pontos. Em 5 de outubro de 2013, também foi o primeiro da seleção canarinho a ser campeão mundial nas argolas, em Antuérpia, na Bélgica, com 15.800 pontos.

Apoiado pela família e pela torcida que lotou a Arena Olímpica, ele conquistou no dia 15 de agosto mais uma medalha para a conta. Desta vez, a de prata pelos Jogos Olímpicos Rio 2016.  “Foi mais difícil do que em Londres, mas ganhar a prata em casa é mais gostoso do que o ouro fora”, disse o brasileiro, que somou a nota 15.766.