Menina de 12 anos estuprada pelo tio recebia ameaças para não denunciar o crime no Amazonas

De acordo com o investigador Raimundo Menezes, gestor da 54ª DIP, suspeito aproveitava ausência dos pais da menina para cometer o crime

Um homem, de 27 anos, foi preso nessa quarta-feira (6) como sendo principal suspeito de estuprar a própria sobrinha, de 12 anos, em Tonantins (a 861 quilômetros de Manaus).

Segundo informações da polícia, o caso foi divulgado após denúncia informando que a criança vinha sendo abusada pelo tio que se aproveitava da ausência dos pais da vítima, que trabalhavam vendendo verduras em uma feira, para cometer o crime.

De acordo com o investigador Raimundo Menezes, gestor da 54ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Tonantins, a menina era ameaçada constantemente pelo suspeito, que, após um tempo, começou a lhe dar dinheiro para que não comentasse com ninguém sobre o assunto.

“Inicialmente, ele ameaçou a vítima caso contasse algo, mas com o passar do tempo, o indivíduo foi dando dinheiro para que a vítima mantivesse segredo. O Conselho Tutelar do município recebeu denúncias anônimas informando sobre o crime, momento em que também tivemos conhecimento sobre o caso”, explicou Menezes.

Prisão

O mandado de prisão foi expedido pelo Juiz Francisco Possidônio da Conceição, da Comarca de Tonantins. “Com a ordem judicial decretada, seguimos em busca do indivíduo e efetuamos sua prisão na rua Alexandre Santos, bairro Centro, em Tonantins.

O suspeito deve responder pelo crime de estupro de vulnerável e deve permanecer na carceragem da unidade policial.