Anúncio

Mercado imobiliário de Manaus movimenta mais de R$ 67 milhões em janeiro

O mercado imobiliário de Manaus avançou no primeiro mês do ano e registrou faturamento no Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 67.660 milhões, com 241 unidades vendidas. O padrão econômico continua liderando as vendas na capital com 142 unidades comercializadas em janeiro, seguido pelo padrão médio com 26 unidades.

Com relação às vendas por preço do metro quadrado, as unidades residenciais entre R$ 3 a 4 mil foram as mais vendidas com 94 unidades; seguidas das unidades com preço por metro quadrado entre R$ 4 a 5 mil com 56 unidades vendidas e de R$ 5 a 7 mil, com 32 unidades vendidas.

Os dados são do Índices do Mercado Imobiliário, encomendado pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi-AM) e Sindicato da Indústria do Mercado Imobiliário do Amazonas (Sinduscon-AM).

De acordo com o presidente Ademi-AM, Romero Reis, existem ótimas perspectivas para o mercado em 2018, um crescimento de 10%, uma vez que as empresas melhoraram seus processos com empreendimentos voltados a realidade do mercado, e gerando um poder de compra maior. “O panorama para o mercado está em mudança desde o final de 2017 e, para este ano, apostamos num crescimento sólido, mais maduro e muito mais forte”, declarou.

Em 2017, o setor gerou um Valor Geral de Venda (VGV) de R$ 806.797 milhões com a venda total de 2.736 imóveis novos, entre apartamentos, empreendimentos comerciais, casas e terrenos em Manaus.