Mesmo com as ruas alagadas por causa da enchente, prefeito de Codajás vai gastar mais de R$ 3 milhões para asfaltá-las

O prefeito Antônio Ferreira (PP) contratou uma empresa por mais de R$3 milhões para, segundo ele, pavimentar 10 ruas do bairro Bela Vista, em Codajás (distante 240 km da capital). Acontece que o Radar descobriu que as ruas estão inundadas devido à cheia de 2022

Essas informações estão nas próprias redes sociais onde, no dia 8 de junho deste ano, foi publicado que está sendo feito o cadastro de pessoas que moram no bairro Bela Vista para eventuais programas sociais, devido o local já estar inundado pela enchente. Porém, mesmo assim, o bairro vai supostamente receber a “pavimentação”.

A ordem de serviço foi publicada no Diário Oficial dos Municípios (DOM) desta sexta-feira (10) e o documento pode ser consultado no final da matéria.

No documento, não constava a informação de quantas ruas receberiam o asfaltamento e nem quantos quilômetros ao todo serão feitos. Mas, o Radar entrou em contato com a Prefeitura de Codajás e fez esses questionamentos, recebendo a informação que “dez ruas vão ser pavimentadas, na execução da 2° etapa de asfaltamento, com área total de 16.908,67 metros, e 5.262,62 metros de sarjeta e 5.262,62 de meio fio”.

Mas, novamente em suas redes sociais, a prefeitura se contradiz ao mostrar que no bairro, pontes estão sendo construídas devido  ao aumento das águas.

Foto: Redes sociais/Prefeita de Codajás

Outro fato que chama atenção do contrato, é que a empresa contratada, de nome Juliana Amazonas de Oliveira Gonçalves Martins, inscrita no CNPJ 20.013.032/0001-39, fica localizada em Manaus, no bairro Praça 14 de Janeiro.

A empresa tem como atividade principal os serviços de engenharia e tem capital social de R $1.200.000,00 (um milhão, duzentos mil reais). O Radar não encontrou informações sobre o dono ou donos da empresa.

Confira os documentos na íntegra:

Diário dos Municípios 

Receita Federal

Quadro de sócios