Mike Tyson diz que se sente culpado por morte do rapper Tupac Shakur

Foto: mike tyson

 

O pugilista Mike Tyson afirmou que se sente culpado pela morte do rapper Tupac Shakur, que aconteceu em 1996.

O rapper estava em Las Vegas para ver Tyson lutar contra Bruce Seldon na noite em que foi assassinado a tiros em 1996. Tyson diz que sente que pressionou Shakur para estar lá.

O pugilista queria caminhar até o ringue enquanto uma faixa personalizada do rapper tocava no local da luta. Tyson diz que importunou o cantor para trazer a gravação em uma fita.

“Foi um dia muito ruim quando isso aconteceu. Foi muito ruim”, disse em entrevista ao canal no YouTube TV Vlad.

“Eu me senti um pouco culpado por ele ter vindo para a luta, eu o pressionando: ‘Ei, você quer trazer a fita, não se esqueça da fita'”, acrescentou.

Tyson ainda contou que, depois da luta, planejava se juntar ao rapper na boate onde Shakur foi baleado, mas disse que mudou seus planos porque seu filho havia nascido e ele decidiu voltar para a casa de sua família.