Militares que sobreviveram à queda de helicóptero no Careiro da Várzea recebem alta

Os militares que estavam no helicóptero seguia para o município de Itaituba, no Pará, com objetivo de cumprir uma missão

Os cinco militares que sobreviveram à queda de um helicóptero no município do Careiro da Várzea, distante a 21 quilômetros de Manaus, receberam alta hospitalar no último sábado (14). A informação foi confirmada pelo Comando Militar da Amazônia (CMA).

A aeronave caiu na manhã de sexta-feira (13) durante uma forte chuva. Na ocasião, seis pessoas estavam no helicóptero, mas apenas um morreu, trata-se do piloto e capitão do Exército, Petherson dos Santos Alves Verli, de 34 anos.

Segundo o CMA, os militares saíram do aeroporto militar Ponta Pelada, na zona Sul de Manaus, em missão operacional para a cidade de Itaituba, no Pará. Porém, durante uma forte chuva, a aeronave caiu na comunidade Nossa Senhora de Nazaré, próximo da comunidade do Bangu, no Careiro da Várzea.

Os sobreviventes foram levados para o Hospital Militar de Área de Manaus (HMAM). Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas participou do atendimento na ocorrência.

Uma equipe da Aviação do Exército, especializada em acidentes aeronáuticos, vai fazer uma investigação sobre as causas do incidente.

O helicóptero que caiu pertence ao 4° Batalhão de Aviação do Exército (4° BAVEx), modelo Pantera K2.