Modelo com alopécia é eliminada do Big Brother americano após pegar Covid

Foto: Instagram

A modelo Christie Valdiserri, 27, foi eliminada da 23ª edição do Big Brother americano antes mesmo de o programa começar. Ela recebeu diagnóstico positivo para a Covid-19 e teve que deixar o elenco da atração, que tem estreia marcada para quarta-feira (7).

“Não tenho ideia de como peguei isso”, afirmou a modelo em vídeo compartilhado pelas redes sociais do programa. “Eu tomei a vacina e tenho seguido todas as orientações até agora.”

Ela também afirmou que não desenvolveu nenhuma manifestação da doença. “Não tenho absolutamente nenhum sintoma, sinto-me perfeitamente bem”, contou. “Estou muito grata por isso, mas é muito frustrante porque não vou jogar no Big Brother neste verão.”

Valdiserri, que se tornou uma das queridinhas do público logo que o elenco foi anunciado, disse que ainda está tentando lidar com o turbilhão de sentimentos que está sentindo. “Estou apenas dizendo a mim mesma que é por um motivo maior e quero acreditar nisso”, contou. “Ainda não sei o motivo, mas tive uma montanha-russa de emoções nas últimas 48 horas.”

Dançarina profissional e modelo, Valdisserri chamou a atenção por tratar com naturalidade sua alopecia, condição que provoca a queda de cabelo. Ela disse que espera ter aumentado a conscientização sobre o assunto com sua popularidade.

“Eu me coloquei nas situações e compartilhei essa vulnerabilidade de ser careca, e todos os comentários, bons ou ruins, estão afetando todas as outras pessoas que também são carecas e experimentam essa vulnerabilidade, então espalhe o amor”, pediu. “Esteja você apenas descobrindo o que é alopecia ou já sabendo do que se trata, você sabe que somos imparáveis e vou me recuperar de uma forma ou de outra.”

No programa, ela foi substituída pela engenheira de inteligência artificial Claire Rehfuss, 25.