Moradores da Zona Norte fazem ato de protesto contra o fechamento do SPA Galileia

Galileia 1

Moradores da Zona Norte foram às ruas, na tarde desta segunda-feira (24), para protestar contra o anúncio feito pelo governador José Melo de que serão desativadas diversas unidades de saúde da capital, entre elas, o Serviço de Pronto Atendimento (SPA), localizado no conjunto Galileia. A manifestação foi organizada pelos líderes comunitários Edmilson Cunha, Hélio de Oliveira e Sidney Ribeiro.

Galileia 4Os manifestantes também começaram a coletar assinaturas para um abaixo assinado que será entregue na Secretaria de Estado da Saúde repudiando a decisão do Governo do Estado de fazer novo corte nos recursos da área de saúde pública. “Pode se cortar gastos seja onde for, mas não em saúde. O SPA Galiléia existe há mais de 12 anos e esse governador incompetente quer fechar. Como é que famílias que não têm dinheiro nem pro transporte vão procurar ajuda para um filho que precisa de socorro urgente”, opinaram os manifestantes ao microfone de um carro de som.

Galileia 3