Moradores de Ipixuna pedem ‘socorro’ por sinal de telefonia da Vivo e Claro

Isolados e sem poder realizar qualquer tipo de chamada telefônica, moradores do município de Ipixuna (distante 1.364 quilômetros de Manaus), realizaram um protesto na cidade pedido ‘socorro’ pelo restabelecimento dos sinais das operadoras da Vivo e Claro. Os moradores encaminharam a denúncia para o Radar nessa quinta-feira (9).

Nos cartazes, os moradores escreveram: “Alguém nos ajude, a Vivo está morta na cidade de Ipixuna”. Os moradores relataram que as operadoras ‘Vivo’ e ‘Claro’ vem oferecendo um serviço de péssima qualidade para o município.

“A operadora Vivo está sem sinal a mais de 48 horas, e os técnicos da empresa dizem que é devido algumas peças que ajudam no fornecimento do serviço estarem bastante depredadas”, disse um morador que preferiu não se identificar.

Outro morador disse que, por conta do problema técnico, a população fica constantemente sem o final de telefonia. “Por conta disso, ela (operadora) vive sem sinal, praticamente ‘morta’, e o pior de tudo, que a gente nunca usufruiu de nenhuma internet dela (Operadora Vivo), devido ser somente 2G”, disse.

De acordo com os moradores de Ipixuna, a operadora Claro também oferece um serviço que não funciona. “Aqui o 3G não funciona e o famoso H+, só funciona em alguns pontos da cidade. O pior de tudo, a gente liga pra lá e eles nos informam que esse problema já foi resolvido, isso é uma falta de respeito com o trabalhador que paga seus serviços em dia”, disse.

Mais problemas

Os moradores relataram, ainda, que a única fonte de internet a cabo no município é disponibilizada pela Unonet, que também não funciona. “A Unonet oferece uma internet banda larga de 4 Megabate por um valor de 180 reais mensal. Nos pagamos esse valor, mas a internet não chega a 2Mg, e tem dia que a gente fica totalmente ilhado do resto do Brasil”, disse.

O Radar entrou em contato com as empresas Claro, Vivo e Unonet para saber o motivo do péssimo serviço prestado ao município de Ipixuna, mas apenas a Unonet não respondeu até o fechamento desta matéria.

Confira a nota da Vivo na íntegra

“Vivo informa que os serviços da operadora em Ipixuna (AM) estão funcionando normalmente desde as 16h47, horário local, desta quinta-feira, 9. Alguns clientes da operadora podem ter encontrado dificuldades para utilizar os serviços de voz e dados na noite (19h16) de quarta-feira, 8, devido a falha em equipamentos da Vivo que atendem a região. A Vivo mobilizou suas equipes que efetuaram os reparos no menor tempo possível.

No Amazonas, a Vivo está presente em 100% dos municípios do estado e é líder absoluta de market share total (58,5%), no pós-pago (64%), pré-pago (58,7%), e também no 3G e 4G, com 62,7% e 56% respectivamente, de participação de mercado (fonte: Anatel – mar/2019).

A Vivo ressalta ainda que avalia constantemente a possibilidade de ampliações de sua rede para oferecer o melhor serviço a seus clientes em todo o país, considerando a demanda e critérios técnicos. Em 2018, a Vivo avançou com sua rede 4G+ – nome comercial da tecnologia 4.5G – para quatro novos municípios: Itacoatiara, Parintins, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva, além da capital, Manaus, que já conta com a rede desde julho de 2017. Já no 4G, a Vivo possui a maior cobertura nesta tecnologia no Amazonas, com presença em 28 cidades. E, com a tecnologia 3G, a Vivo está presente em 39 municípios, sendo Tabatinga, Benjamin Constant, Boca do Acre, Manicoré, São Gabriel da Cachoeira, Tefé e Tapauá os mais recém-ativados.”

Confira a nota da Claro na íntegra

“A Claro investe constantemente em qualidade e expansão da sua rede no Amazonas. Em Ipixuna, a operadora já atende a população com a tecnologia 3G. A operadora trabalha para ampliar sua cobertura na região ainda em 2019 e oferecer a melhor experiência em telecomunicações.”