Moradores denunciam Prefeitura de Manacapuru por falta de água e coleta de lixo (veja vídeo)

O lixo dos moradores da cidade estaria sendo descartado de forma irregular em uma estrada próximo à sede do município

Foto: Montagem/ Radar Amazônico

Enquanto moradores são obrigados a conviver com o mau cheiro e entre urubus no município de Manacapuru (a 70 quilômetros de Manaus), o prefeito Beto D’Ângelo (Republicanos) prioriza contratos que são investigados por suspeitas de sobrepreço.

Moradores procuraram o Radar Amazônico para denunciar a falta de coleta de lixo e o descarte irregular em um terreno no km 2 da Estrada de Novo Airão, e que tem tirado o sono de quem mora perto devido ao forte odor.

De acordo com o morador das proximidades, Saulo Simões, a situação só piora, pois as ruas de Manacapuru estão tomadas pelo lixo e por não haver a coleta seletiva apropriada, segundo ele, animais chegam a rasgar as sacolas deixando o lixo todo espalhado.

“Essa situação do lixo só complica cada vez mais, pois há a contaminação do solo. A lixeira irregular  atrai diversos transmissores de doenças. Inclusive seria necessário uma análise da água que é distribuída na localidade”, disse Saulo.

Outra denúncia foi sobre a falta de abastecimento de água no bairro de Aparecida, em Manacapuru, que já está sem o serviço há cerca de uma semana.

“Aqui no bairro Aparecida já está sem água há uma semana. É difícil pois sem água não podemos fazer nada”, disse outra moradora.

Respostas

O Radar entrou em contato com a Prefeitura de Manacapuru para saber se alguma medida já está sendo tomada para diminuir o impacto nos bairros e foi informado que a coleta de lixo está sendo realizada normalmente, mas que ainda não consegue abranger a todas as residências. A Prefeitura informou ainda que as denúncias serão apuradas.

Veja vídeo: