Moradores do Prosamin são assaltados em pontos de ônibus e não são atendidos em ligações para o Ronda no Bairro

charge-ronda-no bairro

Imagem: www.facebook.com/chargespoliticasam

No ponto de ônibus localizado na avenida Humaitá, em frente a loja Vitória Fernandes, os moradores do Prosamin da Cachoeirinha estariam sendo vítimas, quase que diariamente, de assaltos praticados por motoqueiros. Segundo eles, os bandidos armados saem levando as bolsas e celulares de todas as pessoas que estão na parada de ônibus e ameçam matar quem esboçar a menor reação. Quase no mesmo momento em que os assaltantes estão fugindo do local, as pessoas dão um jeito de ligar para números do Ronda no Bairro, mas ninguém atende as ligações.

Eles decidiram então fazer um abaixo-assinado onde pedem providências da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP/AM) e cobram que seja cumprido aquilo que era dito na propaganda do Ronda no Bairro, de que esse efetivo policial existiria em várias áreas da cidade e sempre estaria à disposição de atender a população – foram até distribuídos milhares de imãs de geladeira pelo governo de Omar e Melo com números de celulares dizendo que aqueles telefones eram do Ronda no seu Bairro, lembram? Pelo jeito, não era do seu bairro e nem do meu! Era da Ponta Negra, do Vieiralves, do Adrianópolis e de todas as áreas nobres da cidade!