Morre ex-vereadora de Manaus por Covid-19 pouco mais de um mês da morte do irmão pela mesma doença

Foto: Reprodução

A ex-vereadora de Manaus e assistente social, Lourdes Lopes morreu, na noite dessa sexta-feira (30), no Hospital 28 de Agosto, por complicações causadas pela Covid-19. Lourdes era irmã do ex-prefeito de Iranduba, Nonato Lopes, que morreu no dia 12 de setembro também vítima do novo coronavírus. O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro manifestaram profundo pesar, e em memória a ex-vereadora, o prefeito irá decretar luto oficial na cidade nos próximos dias.

“Meus sinceros sentimentos à toda família por duas perdas importantes em tão pouco tempo. Lourdes, assim como Nonato, foi uma pessoa que fez história na carreira política no Amazonas, hoje deixa saudades para amigos e familiares. Infelizmente, esse vírus, um inimigo invisível, ainda está fazendo muitas vítimas. Não podemos baixar a guarda”, disse o prefeito.

A primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro também lamentou a morte de Lourdes Lopes. “Nossa solidariedade à família da Lourdes, que mais uma vez está enlutada. Que Deus possa dar o conforto e a serenidade aos familiares e amigos neste momento de saudade. Nossa solidariedade”, expressou a primeira-dama.

As deputadas e deputados da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) também lamentaram o falecimento da ex-vereadora. “O parlamento solidariza-se aos familiares e amigos, pedindo a Deus que conforte seus corações”, disse o texto em nota.

Lourdes ocupou o cargo de vereadora na Câmara Municipal de Manaus entre os anos de 1983 a 1989.

Confira na íntegra as notas de pesar:

Nota de pesar prefeito de Manaus

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro manifestaram profundo pesar pela morte da ex-vereadora Lourdes Lopes, ocorrida na noite desta sexta-feira, 30/10, no Hospital 28 de Agosto, por complicações causadas pela Covid-19. Lourdes era irmã do ex-prefeito de Iranduba, Nonato Lopes, que morreu em setembro também vítima do novo coronavírus. Em sua memória, o prefeito Arthur Neto irá decretar luto oficial na cidade nos próximos dias.

“Meus sinceros sentimentos à toda família por duas perdas importantes em tão pouco tempo. Lourdes, assim como Nonato, foi uma pessoa que fez história na carreira política no Amazonas, hoje deixa saudades para amigos e familiares. Infelizmente, esse vírus, um inimigo invisível, ainda está fazendo muitas vítimas. Não podemos baixar a guarda”, disse o prefeito.

A primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro também lamentou a morte de Lourdes Lopes. “Nossa solidariedade à família da Lourdes, que mais uma vez está enlutada. Que Deus possa dar o conforto e a serenidade aos familiares e amigos neste momento de saudade. Nossa solidariedade”, expressou a primeira-dama.

Lourdes ocupou o cargo de vereadora na Câmara Municipal de Manaus entre os anos de 1983 a 1989.

Nota de pesar Aleam

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) , por meio do seu presidente e em nome das deputadas e deputados estaduais lamenta o falecimento da ex-vereadora Lourdes Lopes , ocorrida nessa sexta-feira (30) por complicações causadas pela Covid-19.

Dona Lourdes faleceu no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, ela era irmã do ex-prefeito de Iranduba e ex-deputado, Nonato Lopes, que também faleceu por conta da Covid-19.

O parlamento solidariza-se aos familiares e amigos, pedindo a Deus que conforte seus corações.