Morre ex-vereadora Marise Mendes nesta sexta-feira (14)

A ex-vereadora e ex-secretária do Estado, Marise Mendes morreu na manhã desta sexta-feira (14), no Hospital Check-Up, em Manaus. Marise que é irmã do ex-governador do Amazonas, Amazonino Mendes, estava internada na unidade hospitalar com complicações respiratórias e renais.

Segundo um comunicado divulgado pela família, ela faleceu por volta das 9h45 desta sexta, em decorrência de uma parada cardíaca.

“Temos a certeza de que em seu descanso eterno, ao lado do seu amado Fernando (seu esposo) estará sempre rogando por nós aqui na terra”, diz um trecho do texto.

Marise Mendes tinha 85 anos e durante sua passagem por cargos públicos nas Secretarias de Assistência Social do Estado do Amazonas e de Manaus e Câmara Municipal de Manaus, Marise sempre foi autêntica, defensora dos direitos humanos e dos mais necessitados.

“Marise Mendes deixa como legado o respeito pelo bem público, pelos amazonenses e pela família”, finaliza o comunicado da família.

A família informa que o velório de Marise acontecerá a partir das 19h, dessa sexta, no auditório Berlamino Lins, anexo da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na Avenida Mario Ypiranga, zona Centro-Sul. No sábado (15), será prestada uma homenagem por familiares, amigos e simpatizantes, seguida de um culto ecumênico, na Aleam. Já o sepultamento está previsto para às 15h30 do sábado, no cemitério São João Batista.

Autoridades lamentam 

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro manifestam pesar, em nome de todos dos servidores públicos do município, pelo falecimento de Marise Mendes. “Recebemos a notícia com muito pesar. Dona Marise era uma pessoa pública comprometida com as causas sociais, sempre falando e trabalhando em favor dos menos favorecidos, tanto como secretária de Assistência Social quanto como vereadora ou exercendo a sua profissão de assistente social. Manaus e o Amazonas perdem uma pessoa pública dedicada e uma cidadã muito querida”, disse o prefeito, que determinou que seja decretado luto oficial por três dias.

O Governo do Amazonas também manifestou profundo pesar pela morte de Marise Mendes. Segundo a nota de pesar, o governador Wilson Lima enviou condolências aos familiares e amigos da família, com quem compartilha os sentimentos neste momento de dor e luto.

Em nota de pesar, o presidente da Aleam, Josué Neto, em nome dos 24 deputados, também lamentou a morte de Marise Mendes, ocorrido nesta manhã. “Todos rogam a Deus para que sua família, amigos e admiradores recebam o conforto do Deus Pai, Filho e Espírito Santo”.