Morre motorista de app baleado na nuca durante primeira corrida

O motorista de transporte por aplicativo, Mário Jorge Silveira da Silva, de 48 anos, morreu, na madrugada desta sexta-feira (15), no Pronto-Socorro João Lúcio, localizado na zona Leste da capital. O motorista havia sido atingido com um tiro na nuca na última quarta-feira (13) quando realizava sua primeira corrida como motorista.

Na ocasião, Mário foi baleado por volta das 22h, na avenida Secundária 7. Após o crime, os criminosos fugiram levando o celular da vítima.

De acordo com os policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que chegaram no local horas depois, foi feita a prisão de César Augusto Gaio Oliveira, de 33 anos, que confessou a autoria do crime.

No momento da prisão, os policiais militares ainda apreenderam dois revólveres, um calibre 38 e outro 22. César Augusto foi apresentado na audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, onde teve a prisão preventiva decretada.