Morre o Desembargador aposentado do TJAM, Djalma Martins, vítima da Covid-19

Foto: reprodução

Morreu na tarde nesta quinta-feira (1º), aos 75 anos, o Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Djalma Martins, após sofrer complicações provocadas pela Covid-19. Até o momento não há informações confirmadas sobre velório, mas o sepultamento ocorrerá na manhã desta sexta-feira (2), segundo a família.

O TJAM publicou uma nota de pesar pelo falecimento do desembargador, e relembrou sua trajetória de mais de três décadas.

Em nota oficial, o Presidente do TJAM, Domingos Chalub, declara que a instituição está em luto e com profundo pesar pela morte do magistrado. Declara que Djalma se dedicou mais de trinta anos ao exercício da magistratura. “A perda de figura tão importante é extremamente dolorosa, com a solidariedade à família e amigos neste momento”, finaliza a nota. (veja nota de pesar na íntegra no final da matéria)

Trajetória

Natural de Boca do Acre (distante a 1.554 quilômetros de Manaus), o magistrado era o decano do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Foi o primeiro diretor da Escola Superior da Magistratura do Amazonas (Esmam), era pós-graduado em Direito Público. Antes de ingressar na Magistratura Estadual, por meio do Quinto Constitucional, em 29 de junho de 1989, pertencia aos quadros do Ministério Público do Amazonas (MPAM).

Exerceu diversas funções ao longo de sua carreira no Poder Judiciário. Na Justiça Estadual, foi presidente do TJAM entre os anos 2000 e 2002; presidiu a 1.ª Câmara Cível, além da 1.ª e 2.ª Câmaras Criminais. Atuou, ainda, como governador em exercício do Amazonas.

Condolências do Presidente da Aleam

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), também lamentou a morte do desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), Djalma Martins da Costa, 75, nesta quinta-feira (1º), em decorrência da Covid-19. Segundo o parlamentar, o Amazonas perde mais um jurista probo e honrado para o Covid-19.

“Me solidarizo com a família e amigos do desembargador Djalma Martins. Infelizmente esse vírus fez mais uma vítima no Amazonas. Peço a Deus que conforte o coração dos enlutados. Nosso Estado perde um homem honrado, de conduta ilibada”, destacou o parlamentar.

Nota de pesar do TJAM

O Tribunal de Justiça do Amazonas registra, com profundo pesar, o falecimento do membro aposentado desta Corte, Desembargador Djalma Martins da Costa, na tarde desta quinta-feira, na cidade de Manaus, em decorrência de complicações da covid-19.

Djalma Martins, que recentemente se aposentou por atingir a idade limite para o exercício da judicatura, era magistrado proveniente do quinto constitucional e foi presidente do Tribunal de Justiça, dedicou mais de três décadas ao exercício da magistratura, sendo reconhecido pela comunidade amazonense por seus conhecimentos jurídicos e formação humanística.

A perda de figura tão importante é extremamente dolorosa, com a solidariedade à família e amigos neste momento.