Morre Zezinho Corrêa por complicações da Covid-19


Morreu, neste sábado (6), o cantor Zezinho Corrêa, da banda Carrapicho, aos 69 anos, após complicações da Covid-19. Desde o início de janeiro, o cantor passava por muita luta, desde traqueostomia até internação em unidade de terapia intensiva (UTI).

“Agradecemos imensamente o carinho, todas as orações e todo o amor que vínhamos recebendo dos fãs, familiares, amigos e admiradores dele. O céu ganhou mais uma estrela que, com sua luz, brilhará para a eternidade por levar o nome do Amazonas para o mundo”, afirmou a família em nota publicada nas redes sociais do cantor.

Zezinho foi internado no hospital Samel, no dia 4 de janeiro. No dia 7, foi transferido para um leito de UTI no hospital Prontocord e, desde lá, vinha lutando pela vida.

Sendo a cara da banda Carrapicho, da qual fez parte desde 1980, Zezinho conquistou não só o Amazonas, como também o Brasil e o mundo com seu “tic tic tac”.