Motorista sem habilitação e alcoolizado mata skatista, diz polícia

skates

O estudante Gabriel Luiz da Silva Pinto, de 15 anos, morreu após ser atropelado em Guarulhos, na Grande São Paulo, na madrugada deste domingo (24), enquanto andava de skate. O motorista Tiago da Silva, um comerciante de 26 anos, fez o teste do bafômetro, que constatou que ele estava alcoolizado.

Testemunhas disseram à polícia que Tiago da Silva dirigia em alta velocidade seu carro, um Volkswagen Saveiro, pela Rua Noel Rosa, no Jardim Paraventi, quando atingiu o estudante perto da calçada. O acidente aconteceu por volta das 3h.

Após o acidente, enquanto uma pessoa anotava os dados do carro, o motorista retirou a placa traseira e agrediu a testemunha.

Segundo o relato dos policiais, o motorista tinha os olhos vermelhos, hálito etílico e fala desconexa. Ele foi submetido ao bafômetro, que constatou que ele tinha 0,71 mg de álcool por litro de ar expelido.

O caso foi registrado como homicídio simples com dolo eventual. “Considerando o grande volume de informação sobre as consequências de se dirigir sob o efeito de álcool, veiculadas em massa pela mídia ou através de programas governamentais, é razoável aceitar o entendimento de que o indiciado assumiu o risco de provocar o resultado danoso”, registrou a delegada Vanessa Torres de A. Chagas no boletim de ocorrência.

Além do homicídio, ele irá responder por embriaguez ao volante, por dirigir sem permissão e também por lesão corporal.