Motoristas de app protestam contra aumento de preço da gasolina na capital

Um grupo de motoristas do transporte por aplicativo de Manaus protestou, na manhã desta segunda-feira (27), contra o aumento abusivo no preço da gasolina, em frente à sede da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na avenida Mário Ypiranga, zona Centro-Sul. Segundos os motoristas, a alta no valor do combustível vem prejudicando a renda da categoria.

“Teve uma diminuição do preço na refinaria, mas o que que acontece aqui em Manaus? Eles fazem o contrário. Ao invés de diminuírem o valor da gasolina, eles fazem é aumentar. Nós tivemos aí em média quase 5,5% de redução, aqui eles aumentaram R$ 1,00 no valor”, desabafou Ivaldo Martins, que é motorista de aplicativo há dois anos.

O grupo também protestou por mais segurança para a classe, tendo em vista os diversos casos de assaltos e mortes ocorridos durante a realização de corridas na capital amazonense. Além disso, as taxas impostas aos motoristas também estavam entre as reivindicações.

Na ocasião, Ivanildo lamentou o fato de que apenas motoristas de aplicativo se mobilizam para mudar a situação, quando toda a população, segundo ele, deveria estar unida contra o aumento do preço do combustível.

“Ultimamente, quando a gente vê, só são motoristas de aplicativo que vêm para a rua. É como a gente sempre fala, a gente precisa do apoio da população, de todo o povo que utiliza o combustível, que venha nos apoiar, que esteja junto com a gente aqui nas ruas”, lamentou.

Segundo informações do grupo, a Casa Legislativa recebeu pelo menos oito motoristas para uma reunião com alguns deputados, com o objetivo de tratar do assunto e delinear soluções para as reivindicações.