Mototaxista é acusado de estuprar adolescentes em diversas áreas da cidade

Mototaxicista estuprador capa

O mototaxista Marcelo Augusto Praia de Souza, 26, foi denunciado por estupro por uma adolescente de 15 anos O crime teria ocorrido no dia 16 de março desse ano, no bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte da cidade. Investigações levam a crer que o mototaxista é o autor de mais três estupros e uma tentativa de estupro.

Mototaxicista estuprador delegadaDe acordo com a delegada de Proteção à Criança e ao Adolescente,  Juliana Tuma, Marcelo foi preso pelos policiais civis da Depca em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido na última sexta-feira, dia 10, pela juíza da Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes, Patrícia Chacon de Oliveira Loureiro. O acusado foi interceptado na tarde de ontem, dia 13, por volta das 14h30. O fato ocorreu em via pública, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus.

Conforme a delegada, as investigações que resultaram na prisão do indivíduo iniciaram no dia seguinte ao crime, após a adolescente procurar a polícia para formalizar a ocorrência. Na ocasião, a vítima relatou que teria solicitado uma corrida até o Parque dos Bilhares, no bairro Chapada, zona Centro-Sul, mas que durante o percurso o infrator teria desviado o caminho e seguido para um terreno baldio, onde simulou portar uma arma de fogo e a estuprou.

“Marcelo foi para um lugar deserto e, durante a consumação do ato libidinoso, permaneceu usando o capacete para que não fosse reconhecido. Em seguida, ele ameaçou de morte a adolescente e roubou o celular dela. Chegamos até ele após rastrearmos o aparelho, vendido a uma ex-companheira dele, que nos forneceu o endereço onde o rapaz poderia estar”, explicou Tuma.

A titular da Depca ressaltou que a equipe da especializada constatou, durante consulta ao sistema de dados da polícia, que o infrator teria praticado outros três estupros e uma tentativa de estupro. “O modo de operação era sempre o mesmo. Ele escolhia vítimas na faixa etária entre 14 e 17 anos. Também tinha o costume de obrigar as adolescentes a praticar sexo oral nele antes de consumar a penetração. O capacete, mantido em todos os casos, comprovou o que já suspeitávamos. Vale ressaltar que ele atuou em distintos bairros da cidade”, disse.

Juliana Tuma afirmou que as investigações irão continuar a fim de verificar a existência de outras vítimas de estupros cometidos pelo infrator. A delegada pede que elas procurem a equipe da especializada. O prédio da Depca está situado na Rua Seis, s/nº, Conjunto Vista Bela, bairro Planalto, zona Centro-Oeste.

Marcelo foi indiciado por estupro e, ao término dos procedimentos cabíveis, ele será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

FOTOS: Erlon Rodrigues/ Assessoria de Imprensa da PC-AM