MP-AM aborda mecanismos de regulação emocional na prevenção ao suicídio

Durante programação do Setembro Amarelo de prevenção ao suicídio, nesta quinta-feira (19), o Ministério Público do Amazonas (MP-AM), abordou sobre a “Regulação Emocional” em palestra ministrada pela fundadora da Terapia Comportamental Dialética (DBT) Amazônia, psicóloga Monique Vardi-Pinheiro.

O evento, organizado pela Divisão de Recursos Humanos em parceria com o Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional, faz parte das ações de prevenção e promoção da saúde física e mental de membros e servidores do órgão ministerial.

“A palestra de hoje nos fez refletir sobre a forma como lidamos com as emoções e sentimentos, revelando a importância de estarmos atentos às nossas reações, frente aos desafios do cotidiano. A regulação emocional nos ajuda a gerenciar o estresse e a ansiedade, daí a abordagem do tema, que se alinha ao objetivo de apoiar a saúde mental como estratégia de máxima importância para combater o adoecimento e os consequentes afastamentos do trabalho de membros e servidores”, observou o Chefe do DRH, Marlon André Mendes Bernardo.

Foi durante a palestra que a psicóloga Monique Vardi-Pinheiro explicou o que é DBT, sigla em inglês para a Terapia Comportamental Dialética, direcionada ao tratamento de pacientes com comportamento auto lesivo sem intencionalidade suicida (Casis) e suicida crônico, apontando a diferença entre emoções e sentimentos, os fatores que dificultam a regulação emocional e as as estratégias mais adequadas à manutenção do equilíbrio mental.

“Todos temos capacidade para conciliar o uso da mente racional com a emocional, mas, alguns de nós, por questões biológicas ou devido a outros fatores, como irritabilidade ou sobrecarga emocional, precisamos de ajuda profissional”, apontou.

A programação do Setembro Amarelo do MPAM prossegue até segunda-feira, com a realização de mais uma palestra sobre a prevenção do suicídio. Nesta sexta-feira (20), Eliza do Amaral Ferreira Guimarães, Psicóloga e Mestre em Psicologia pela Ufam, aborda a prevenção do suicídio infantil. Na segunda-feira (23), a programação será realizada no horário da tarde, das 14h às 16h, com uma roda de conversa sobre o suicídio. A palestra e a roda de conversa serão realizadas na Sala de Treinamento do Ceaf, 4º andar do prédio sede da Procuradoria-Geral de Justiça do Amazonas.

Com informações da assessoria do MP-AM