MPAM cobra iluminação pública da Prefeitura de Manicoré

Foto: divulgação

Após realizar uma vistoria em diversas ruas da cidade de Manicoré (distante 330 km de Manaus), o Ministério Público do Amazonas (MPAM) constatou falta de iluminação pública em diversas ruas do município. Diante da situação, o promotor de Justiça Vinícius Ribeiro de Souza, solicitou da Prefeitura de Manicoré, sob administração do prefeito Lúcio Flavio (PSD), informações sobre a existência de plano ou política pública volta à iluminação das vias na cidade.

Muitos postes com lâmpadas queimadas ou sem lâmpadas e até mesmo ruas completamente às escuras, pois sequer há postes de iluminação. Entre outros locais, foram visitadas as localidades Manicorezinho, Rocinha, Mazzarelo, Laura Vicuña, Centro, Estrada do Aeroporto e a Estrada da Expomani.

Par realizar o levantamento, o promotor contou com a colaboração das polícias Civil e Militar, que atenderam ao pedido do MPAM e indicaram as localidades da cidade mais problemáticas quanto à iluminação publica. “O tema da iluminação pública é, sem dúvida, interligado ao tema da segurança pública”, disse o promotor.

Prefeitura de Manicoré é investigada por fraude  

Foto: divulgação

A Prefeitura de Manicoré também é alvo de uma investigação do Ministério Público por uma possível fraude no cumprimento do contrato firmado pelo prefeito Lúcio Flávio, e a empresa Sigma Engenharia e Consultoria Ltda, para recuperação da estrada do Sindicato e do Ramal do Monte Santo.

A medida adotada pelo promotor de Justiça Vinícius Ribeiro, foi tomada após a constatação de indícios de ilegalidade no processo de licitação e contratação da empresa responsável pelo serviço.

(*) Com informações da assessoria do MPAM