MPAM investiga irregularidades na construção de hotel de selva em Barcelos

Hotel fica próximo de Barcelos, interior do Amazonas.

Foto: Divulgação/ AAM

Um empresário identificado como Vítor Vilanova, do setor de pesca esportiva, será investigado pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM), por crime ambiental devido a irregularidades na construção de um hotel na selva, localizado na região do Rio Jufaris, próximo do município de Barcelos (distante 401 km de Manaus). Conforme a denúncia, no local foi identificada a realização de pesca predatória e desmatamento.

Um Inquérito Civil foi aberto para apurar a denúncia de eventual crime ambiental e dar prosseguimento às investigações apresentadas ao Ministério Público Federal (MPF).

Conforme a denúncia, o “explorador da atividade turística” teria provocado desmatamento na região que é conhecida pelas belezas naturais e pela pesca esportiva.

“A proteção do patrimônio público e social é função institucional do Ministério Público. No caso, verificados indícios de cometimento de ilícitos contra esse patrimônio, a instauração do inquérito visa colher outros elementos de informação que auxiliem a apuração de eventual cometimento de ilícitos pelo senhor Vítor Vilanova”, declarou a Promotora de Justiça Karla Cristina da Silva Sousa.

Segundo informações prestadas pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) ao Ministério Público, o senhor Vítor Vilanova não possui licenças ambientais estaduais para operar na região.

(*) Com informações do MPAM