Anúncio

MPE e Polícia Civil deflagram operação contra desvio de verbas e fraudes em licitações; alvo é ex-secretária de Melo

 

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) e a Polícia Civil deflagraram, na manhã dessa quarta-feira (18), a operação “Concreto Armado”, que apura o desvio de verbas públicas e fraudes em licitações no Governo do Estado. Na ação, a Polícia cumpre 21 mandados de busca e apreensão, e um mandado de prisão, da ex-secretária de estado de infraestrutura, Waldívia Alencar.

Segundo o MPE, uma investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) aponta a existência de um suposto esquema de corrupção por meio de licitações fraudulentas e contratos superfaturados para realização de obras, entre 2009 a 2015. Período em que Waldívia Alencar estava a frente do cargo.

Os mandados serão cumpridos em empresas e residências em Manaus.